The Father and the Son

Nenhum comentário


Comper's oriel window in Oriel College features the Father holding the Son Crucified, a popular medieval theme. Interestingly, the Holy Spirit is not depicted but is very prominent in the window opposite that faces this. However, it is odd that the Father has a cruciform halo, as this is normally reserved for the Son. If so, this could actually depict the glorified Christ showing forth his own Sacrifice on Calvary - an unusual theme indeed. The Cross is green, the colour of life. Around are angels holding the sword and shield of King Edward II, founder of the College. The kind himself kneels in worship before this divine vision. The angel on the left bears a lance, which I believe is the sacred lance that pierced the side of Christ, rather than Edward II's own weapon. Taken together with the Annunciation window opposite, I think this window shows the glorified Lord in heaven, his 'reditus' or return to the Father, just as the Annunciation is about Christ's humble descent to earth, his 'exitus' from the Trinity into the womb of the Virgin.

Link da imagem: https://ift.tt/2O3MrQM
Fonte: Lawrence OP https://flic.kr/p/Mb1VU

Nenhum comentário :

Postar um comentário


Oração à São Miguel Arcanjo
“São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede o nosso refúgio contra as maldades e ciladas do demônio. Ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos, e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai no inferno a satanás e aos outros espíritos malignos, que andam pelo mundo para perder as almas. Amém!”

Oração à São José:
Amado São José, vós que fostes instrumento da Providência Divina na Família de Nazaré, na Igreja e para com vossos irmãos, fixai nossos olhos nas coisas que não passam e dai-nos a graça de ordenar nossas vidas para os tesouros do céu. Amém! (em seguida, reza-se um Pai-nosso, uma Ave Maria, um Glória)
Glorioso São José, que fostes modelo de vivência da pobreza, da sobriedade, de instrumento da Divina Providência; vós que não detivestes para vós mesmo nenhum bem material ou espiritual, destinando-os sempre às necessidades de Jesus, de Maria e dos vossos irmãos; vós que, por graça divina, vistes restaurada em vós a vocação original do homem à caridade, trabalho, partilha e comunhão; vós que, inspirado pelo Espírito Santo, acolhestes a nova economia do Reino do vosso Filho Jesus, intercedei para que acolhamos o mesmo convite que vos fez o Pai de ser instrumentos de Sua Paz, de Sua Providência, de Sua Caridade, de Sua Pobreza para o homem de hoje. Amém